Hemorróidas

Como blogger responsável e assíduo que sou hoje trago-vos outro tema: como tratar hemorróidas. É algo que provavelmente já incomodou muitos de vós e é sem dúvida aquele problema que nunca vem só.

Associado às hemorroidas vem o receio de falar com alguém sobre o tema por ser um tema tão íntimo e sensível. Sangue nas fezes, comichão no ânus, dificuldade em evacuar, dor no ânus? São sintomas que te são familiares? Então este post é para ti. Antes de prosseguirmos, se quiseres uma informação mais detalhada e assertiva sobre hemorroidas externas passa neste link.

Quem já sofreu de hemorroidas certamente sabe ao que me refiro. Foi difícil agrupar esta informação, portanto leia com atenção e as hemorroidas não mais farão parte do seu dia-a-dia. Primeiro, a sua alimentação é importantíssima! Para a sua saúde no geral, e em particular para as hemorroidas. Deves incluir alguns cuidados na tua alimentação, como beber bastante água por dia (1,5l de água por dia), ou evitar ingerir alimentos processados.

Para além da alimentação, adotar determinados comportamentos serão uma mais-valia para poderes encarar alegremente o teu dia, sem problemas desnecessários. Estás a ver a tua sanita? Em parte, ela pode ser culpada por muitos problemas intestinais que te vão aparecendo. Não quero que voltes ao séc. passado e uses a retrete que os teus avôs usavam, mas vou-te dar um aliado infalível! Eu comprei este banquinho e adorei. Os meus intestinos adoraram e nada melhor que aliar o conforto da minha casa de banho à posição correta para evacuar.

Está gravida? Então saiba que as hemorroidas externas são mais normais no período de gravidez. O facto de as hemorroidas na gravidez serem mais normais, não significa de todo que não devam ser tratadas.  Pelo contrário, a vida é muito curto para viver com dores.

Quase me esquecia, lembraste de ter falado que devemos ingerir bastante fibra? Li vários estudos científicos que dizem que devemos ingerir entre 25 a 35 gramas de fibra por dia. Ok, é complicado, mas porque não usas um suplemento? Eu recomendo psyllium, é muito fácil implementares o psílio na tua dieta. (Não foi erro meu, podes dizer psílio, ou psyllium). E para além de ser ótimo a regular o nosso trânsito intestinal também ajuda a emagrecer. Eu já perdi 3kg desde que comecei a usar.

Depois deste resumo que vos dei, penso que o meu blog deveria ser seriamente considerado como serviço público. Até ao próximo texto.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s